As misericórdias de todo o país vão passar a receber bens apreendidos pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), desde alimentos a vestuário e calçado, na sequência de um protocolo que vai ser assinado na segunda-feira.

O protocolo entre a ASAE e a União das Misericórdias Portuguesas (UMP), que vai ser assinado em Fátima, pretende fazer chegar às várias misericórdias espalhadas pelo país alguns dos produtos que são apreendidos pela ASAE no âmbito da sua ação fiscalizadora.

Como reforço da sua responsabilidade social, com esta cooperação institucional, a ASAE irá doar produtos alimentares e não alimentares (…) a instituições representadas pela UMP e que prestam serviços de apoio com fins assistenciais, de solidariedade ou humanitários”, lê-se na informação enviada à agência Lusa.

No dia da formalização da cooperação vão ser doadas 1.524 peças de vestuário infantil e de adulto, bem como calçado.

A parceria entre as duas entidades contempla também que a ASAE promova sessões de esclarecimento e ações de formação na área da segurança alimentar e da fiscalização económica, com vista a melhorar os vários serviços disponibilizados pelas misericórdias.