O homem dado como desaparecido desde sexta-feira em Samora Correia, no concelho de Benavente, foi encontrado este domingo morto num armazém daquela cidade, disse à Lusa uma fonte da GNR.

O homem estava a ser procurado desde sexta-feira por familiares e amigos e, desde o princípio da tarde deste domingo, por quatro embarcações das corporações de bombeiros de Samora Correia, Benavente, Salvaterra de Magos e Vila Franca de Xira nos rios Almansor e Sorraia, entre Porto Alto e Benavente.

O homem foi encontrado morto, pouco depois das 16:00, dentro de um pavilhão da Associação Recreativa e Cultural Amigos de Samora, onde são guardados os carros do corso alegórico do Carnaval, disse à Lusa fonte próxima da família.

O oficial de dia da GNR adiantou que o local foi isolado, aguardando-se a chegada de peritos da Polícia Judiciária para averiguação das circunstâncias da morte.

Rui Simãozinho, de 41 anos, sofria de epilepsia e de outras complicações de foro neurológico.