O Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa, em articulação com a Capitania do Porto da Figueira da Foz, coordenou esta quarta-feira o salvamento de um veleiro francês ao largo do cabo Mondego, anunciou a Marinha.

A operação de assistência a um velejador solitário, de nacionalidade francesa, que se encontrava a bordo do veleiro 'Tuulia', «a navegar sem meios de propulsão próprios e à deriva, a cerca de cinco quilómetros a oeste do Cabo Mondego», segundo o comunicado da Marinha Portuguesa.

O veleiro, adianta a fonte, encontrava-se com as velas rasgadas, o motor inoperacional e “em situação de perigo”.

O barco salva-vidas 'Patrão Macatrão' «alcançou o veleiro sinistrado pelas 19:34, tendo-o rebocado para a marina da Figueira da Foz, onde atracou em segurança pelas 20:51», segundo a fonte.

«O único tripulante a bordo não necessitou de assistência médica», acrescenta a Marinha Portuguesa.