O Centro de Salvamento Marítimo de Ponta Delgada resgatou uma embarcação de pesca espanhola que se encontrava a cerca de 600 milhas náuticas da ilha de São Miguel, com um problema na casa das máquinas, foi anunciado esta sexta-feira.

As ações de busca e salvamento da embarcação «Frances», com sete tripulantes a bordo, foram realizadas quinta-feira após o sinal alerta emitido pelo navio de pesca, de acordo com a nota publicada esta sexta-feira no sítio da Marinha Portuguesa na Internet.

O Centro Coordenador de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada) pediu o apoio ao seu Centro de Busca e Salvamento das Lajes, da Força Aérea Portuguesa, que enviou para o local um helicóptero e um avião.

Entretanto, o Centro Coordenador de Busca e Salvamento Marítimo de Madrid avançou que a referida embarcação tinha sete tripulantes a bordo e que tinha um alagamento incontrolável na casa das máquinas, mas que uma outra embarcação de pesca espanhola, o «Bonito II», navegou em seu auxílio, prestando-lhe apoio.

Depois de confirmado o estado de saúde dos tripulantes resgatados, o avião da Força Aérea verificou o estado da embarcação, constatando que esta estava praticamente afundada.

Segundo a informação do mestre da embarcação de pesca «Bonito II», o navio começou a viagem com destino a Vigo, onde irá desembarcar a tripulação da embarcação acidentada.