Um tripulante de um navio petroleiro fundeado ao largo do Porto de Leixões foi esta quinta-feira retirado inconsciente da embarcação por um helicóptero da Força Aérea e conduzido ao hospital de S. João, no Porto, anunciou a Marinha.

Em comunicado, a Marinha refere que o pedido de socorro foi recebido no Centro de Coordenação de Busca e salvamento Marítimo de Lisboa às 11:30.

Após aconselhamento médico do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), «em articulação com o capitão do Porto de Leixões, a Força Aérea e o INEM coordenaram durante a manhã a operação de evacuação médica» do tripulante do petroleiro Peonia.

De nacionalidade indiana e com 20 anos, o tripulante «apresentava-se inconsciente, não reagindo a qualquer estímulo».

O resgate foi efetuado por helicóptero devido ao estado do mar, sendo que o EH-101 da Força Aérea aterrou depois no aeroporto Francisco Sá Carneiro. O jovem foi transportado pelo INEM até ao hospital de S. João.