A Policia Judiciária de Aveiro deteve, esta terça-feira à tarde, o suspeito de ter morto uma idosa em Salreu, Estarreja, a 26 de maio, e ter escondido o corpo numa arca congeladora. A informação foi confirmada à TVI por fonte policial. 

De acordo com a mesma fonte, trata-se de um homem de 44 anos, que vivia de biscates ocasionais. Conhecia a vítima e "tinha a casa sinalizada". O homicídio terá ocorrido durante o assalto. 

O suspeito terá manietado a vítima e pôs-lhe fita adesiva na boca, tendo a idosa ficado impossibilitada de respirar", adiantou fonte policial à TVI. 

A idosa, de 80 anos, terá morrido sufocada e o suspeito escondeu depois o corpo numa arca congeladora. O cadáver apenas foi encontrado dias depois, por uma vizinha.

O suspeito seria irmão de uma antiga vizinha da vítima e tinha antecedentes criminais. O homem levou dinheiro e um telemóvel da idosa. 

O suspeito vai ser ouvido durante a tarde desta quarta-feira no DIAP de Aveiro.