A Assistência Médica Internacional (AMI) lança esta terça-feira mais uma campanha de reciclagem de radiografias, projeto que permitiu reciclar 1.500 toneladas de exames nos últimos 17 anos, anunciou hoje a organização.

Até ao dia 8 de outubro, é possível entregar nas farmácias de todo o país as radiografias com mais de cinco anos ou sem valor de diagnóstico, que serão posteriormente recicladas, evitando-se o seu envio para o lixo.

«A venda da prata extraída permitirá à AMI gerar financiamento para fazer face ao constante aumento dos pedidos de apoio social», refere a organização em comunicado, adiantando que este projeto tem permitido angariar fundos equivalentes ao financiamento de um centro social da AMI para apoio aos mais desfavorecidos.

No ano passado, foi possível duplicar este valor graças à entrega de radiografias por parte de hospitais e centros de saúde de todo o país.