Dois aviões pesados Beriev chegam na madrugada a Portugal vindos da Rússia, ao abrigo do protocolo de proteção civil assinado entre os dois países, disse à Lusa fonte do Ministério da Administração Interna.

Os dois aviões deverão chegar à base aérea de Monte Real, distrito de Leiria, entre as 04:00 e as 05:00 de sábado, sendo depois deslocados para os locais onde o comando nacional de proteção civil entender serem mais necessários no combate aos incêndios florestais.

O Beriev Be-200 Altair é uma aeronave anfíbia utilizada para combate a incêndios, busca e salvamento, patrulha marítima, carga, e transporte de passageiros, tendo uma capacidade de 12 toneladas (12.000 litros) de água, ou até 72 passageiros.

O distrito de Aveiro era às 10:00 de hoje a zona de Portugal continental que mais meios mobilizava no combate às chamas, com mais de mil operacionais no terreno e vários meios aéreos, segundo a Proteção Civil.

Na lista de “ocorrências importantes” destacadas na página da Internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (com mais de três horas e mais de 15 meios de socorro), apenas relativas ao continente, o distrito de Aveiro surge com quatro incêndios ativas.

Às 10:00, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), destacava sete incêndios ativos: quatro no distrito de Aveiro, dois em Vila Real e um em Viana do Castelo.