O juiz desembargador Rui Rangel, do Tribunal da Relação de Lisboa, foi condenado a pagar 32 mil euros referentes à dívida numa oficina mecânica.

A sentença judicial condenatória foi emitida, na segunda-feira, pela 8ª vara do Tribunal Cível de Lisboa, de acordo com o Correio da Manhã.

Rui Rangel tem até 14 de Outubro para efetuar o pagamento voluntário da dívida ou recorrer da decisão.

A dívida é referente à falta de pagamento de faturas de trabalhos mecânicos realizados desde 2010. O tribunal deu como provado que o juiz utilizou os serviços prestados pela oficina, localizada na Terrugem.

Em Abril último, Rui Rangel também foi condenado por falta de pagamento, no caso 1.114 euros a uma clínica de estética.