A GNR anunciou ter recuperado em Vila Nova de Gaia 42 baterias, no valor de 16 mil euros, de Viana do Castelo, e constituídos arguidos três homens por suspeita da prática de furto.

Em comunicado, o Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo adiantou que "as 42 baterias foram furtadas numa estação de gasodutos em Viana do Castelo" e que os três homens foram constituídos arguidos em Vila Nova de Gaia".

A interceção foi efetuada quando os indivíduos, após o furto, se encontravam a entregar as 42 baterias furtadas, avaliadas em 16 mil euros, numa sucateira"

No decurso daquela operação "foram efetuadas três buscas, uma à sucateira e duas em veículos, que permitiram, para além das baterias, apreender um veículo, dois telemóveis, 310 euros e diversas ferramentas usadas na prática daquele crime.

A GNR de Viana do Castelo adiantou que os três homens, "todos com antecedentes criminais", foram sujeitos à medida de coação mais ligeira, o Termo de Identidade e Residência (TIR).