Segundo a PJ, o detido abordava mulheres em locais públicos, na área de Santo Tirso, quando se dirigiam para as viaturas e, sob ameaça de armas branca e de fogo, exigia-lhes o dinheiro que possuíam.

«De seguida, tomava posse das viaturas, forçando as vítimas a permanecer por longos períodos na sua companhia enquanto se deslocava a locais de aquisição de drogas», esclarece, em comunicado.

A PJ refere ainda que «uma das vítimas, só ao fim de três horas de privação da liberdade conseguiu fugir».

O detido vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das adequadas medidas de coação, acrescenta a Lusa.