A GNR anunciou hoje a detenção, na quinta-feira, de um homem que durante mais de cinco meses assaltou casas em Ponte de Sor, Gaivão e Portalegre, tendo apreendido mais de 60 equipamentos agrícolas, no valor de 25 mil euros.

Segundo um comunicado da GNR, o Comando Territorial de Portalegre, através do Destacamento Territorial de Ponte de Sor, deteve neste concelho um homem de 30 anos, por furto em interior de diversas residências.

A investigação, levada a cabo durante cinco meses, concluiu que o suspeito era o autor de diversos furtos em interior de residências nos concelhos de Ponte de Sor, Gavião e Portalegre, acrescenta a GNR.

O processo terminou com uma busca domiciliária, da qual resultou a apreensão de 60 máquinas e equipamentos agrícolas, num valor que ascende aos 25 mil euros.

Entre o material recuperado, contam-se uma moto-quatro, uma caçadeira calibre 12, três armas de ar comprimido, 96 munições, 33 motosserras, dez máquinas agrícolas, sete máquinas de ferragem, oito eletrodomésticos, três máquinas de ginásio, três toneladas de palha e uma tonelada de sacas de ração para animais, outras ferramentas e equipamentos agrícolas.

O detido já tinha antecedentes criminais por furto simples e furto qualificado e será presente no Tribunal de Ponte de Sor, no sábado.

Também a GNR, mas através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Aveiro, fez hoje uma apreensão de 350 quilogramas de ameijoa japonesa, que não cumpria as medidas regulamentares para ser comercializada.

A operação detetou uma viatura que transportava moluscos bivalves vivos, capturados no rio Sado, com destino ao comércio espanhol e com o valor de venda estimado de quatro mil euros.

O condutor foi identificado e alvo de uma contraordenação. Os bivalves, por se encontrarem vivos foram devolvidos ao seu habitat natural.