A Polícia Judiciária desmantelou uma rede suspeita de crimes de roubo e extorsão e que atuava junto da população mais idosa dos distritos de Vila Real e Bragança, anunciou esta sexta-feira aquela força policial.

Os detidos são, segundo referiu a PJ, muito violentos e são suspeitos de, pelo menos, quatro crimes de roubos e dois de extorsão.

As detenções dos cinco suspeitos, quatro homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 22 e os 43 anos, foram efetuadas através da Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real depois de uma operação policial que contou com o apoio da PSP de Bragança.

A PJ, em comunicado, explicou que a operação culminou com a detenção de um grupo de indivíduos que, de forma organizada, se dedicava há alguns meses à prática de crimes de roubo e extorsão no interior transmontano, designadamente nos distritos de Vila Real e Bragança.

O grupo criminoso, de acordo com a polícia, atuava junto de populações mais isoladas, concretizando os roubos após proceder à sinalização e vigilância das vítimas.

No decurso dos roubos, os suspeitos "ameaçavam e impunham às vítimas a entrega nos dias subsequentes de quantias monetárias de valor elevado, procedendo a retaliações, ateando incêndios a imóveis e veículos, quando aquelas não procediam como lhes era imposto".

Os detidos vão ser presentes esta tarde a interrogatório judicial, no Tribunal de Valpaços, para aplicação de eventuais medidas de coação.