A sala de jogos do Bingo do Clube de Futebol Estrela da Amadora, na Reboleira (Amadora), foi assaltada esta quarta-feira de madrugada, tendo sido furtados «valores do cofre em aproximadamente 20 mil euros», disse à Lusa o diretor do espaço.

 

Segundo Manuel Frade, «foi tudo remexido e abriram o cofre».

 

«Não temos ainda o valor concreto do que foi roubado. Estamos a fazer um levantamento do que está em falta para entregar à polícia», referiu o diretor da sala de jogos.

 

De acordo com a PSP, o furto ao Bingo do Estrela da Amadora terá ocorrido entre as 03:00 e as 06:30.

 

O alerta foi dado cerca das 06:30 por uma funcionária da limpeza que «teve um problema a abrir uma das portas e verificou que estava tudo remexido, tendo contactado de imediato a polícia», informou.

 

A PSP disse ainda que «até ao momento não existem suspeitos” do crime e que “o caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária de Lisboa».

 

Após o assalto, a sala de jogos do Bingo do Estrela da Amadora encontra-se a funcionar normalmente desde as 15:00, informou o diretor.

 

Para António Barbosa, do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Hotelaria, Turismo, Restaurantes e Similares do Sul, o furto é estranho: «É tudo muito esquisito, não arrombaram o cofre, foi aberto».

 

A concessão da sala de jogos termina no final do mês, o que tem levado os trabalhadores, nas últimas semanas, a exigir garantias de que os 52 postos de trabalho existentes se vão manter com a nova concessão do espaço.

 

Segundo fonte do Turismo de Portugal, «foi já autorizada a abertura de concurso público para adjudicação de uma nova concessão», uma vez que a licença de concessão de jogo atribuída ao Bingo do Estrela da Amadora vai caducar no dia 31 de outubro.

 

«A título excecional, permitir-se-á a continuidade do funcionamento da atual sala até à adjudicação», comunicou o Turismo de Portugal, em resposta a perguntas efetuadas pela agência Lusa.

 

A Lusa tentou obter mais informações por parte da entidade que explora o bingo - Pataca da Sorte -, mas até ao momento não foi possível.