A GNR deteve dois homens suspeitos de «pelo menos» oito crimes de roubo por esticão em Barcelos e Vila Nova de Famalicão, sendo as vítimas, na sua maioria, mulheres idosas.

De acordo com a Lusa, os detidos abordavam as vítimas e, com o pretexto de lhes pedirem informações, nomeadamente sobre um alegado vizinho, obrigavam-nas a entregarem as peças em ouro que usavam naquele instante.

Há casos de fios de ouro e de brincos «arrancados», respetivamente, do pescoço e das orelhas das vítimas.

Os crimes terão ocorrido entre o final de julho e o final de setembro.

Os homens, de 27 e 34 anos e ambos toxicodependentes, foram detidos, pelo Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Barcelos, na noite de terça-feira, fora de flagrante delito.

Esta quarta-feira foram presentes a tribunal mas o interrogatório judicial ainda vai prosseguir na quinta-feira, dia em que serão fixadas as respetivas medidas de coação.

Entretanto, continuam à guarda da GNR.