O suspeito que disparou durante a rixa que ocorreu em Santos, na semana passada, entregou-se às autoridades, apurou a TVI. O indivíduo ficou sujeito a termo de identidade e residência.

Os desacatos ocorreram na manhã de 25 de abril, junto a um restaurante de kebabs. Cerca de 30 jovens terão entrado no estabelecimento e exigido comida. O proprietário contou à TVI que não tinha o restaurante preparado para os receber e, perante a recusa, os jovens reagiram com violência.

Imagens divulgadas nas redes sociais registaram os momentos de confrontos entre os jovens e o proprietário do restaurante, que se defendeu com uma espátula laminada. No meio dos confrontos, ouve-se pelo menos um disparo.

Foi o próprio dono do restaurante a chamar as autoridades. A PSP terá identificado seis dos jovens e ainda o comerciante. 

Alguns dos suspeitos foram ao hospital por iniciativa própria.

Por haver uma arma de fogo envolvida na rixa, o caso passou para a Polícia Judiciária.