O corpo do jovem desaparecido desde quarta-feira no Rio Vouga, em Aveiro, foi esta sexta-feira encontrado por volta das 11:00. Uma brincadeira de adolescentes que veio a ter um final trágico, como contou ao TVI24.pt, um amigo de infância da vítima.

Luís Carlos tinha 15 anos e fez a sua última viagem depois de pedir uma bicicleta emprestada ao seu amigo de sempre: João (nome fictício) descreve ao TVI24.pt os últimos momentos que passou com o jovem.

Adolescente desaparece no Rio Vouga

«Por volta das 13:45» Luís Carlos foi a casa de João e pediu uma bicicleta emprestada para ir a Cacia, Aveiro, ter com umas amigas, explicou. Pouco tempo depois, quando Luís regressou a São João de Loure, Albergaria-a-Velha, por volta das 15:00, decidiu «ir até ao rio para festejar o aniversário de um colega, com quatro amigos, três rapazes e uma rapariga», revela o amigo de infância.

Numa brincadeira de adolescentes «partiram o cadeado de uma bateira [pequena embarcação sem quilha]», que posteriormente apareceu em Angeja, uma aldeia vizinha. Luís Carlos já dentro de água empurra a bateira, mas acaba por cair numa zona mais funda do rio. Os amigos ainda o tentaram salvar, mas não conseguiram pois «nunca mais o viram», conta o amigo.

Rio Vouga: encontrado corpo de adolescente desaparecido

Luís Carlos terá caído numa zona de «fundão» e não terá conseguido voltar à superfície. João, companheiro de brincadeiras desde tenra idade, revela, com pesar, que a mãe de Luís Carlos lhe bateu à porta de casa por volta da meia-noite de quarta-feira a perguntar pelo filho. O alerta estava dado, mas já era tarde demais para o jovem.