A Marinha anunciou esta quinta-feira ter resgatado, durante a tarde, um praticante de parapente, que caiu ao mar ao largo de Sesimbra, mas que não necessitou de cuidados médicos.

O parapente do homem, um português de 30 anos, amarou ao largo de Sesimbra, cerca das 17:30, e o alerta foi dado por pessoas em terra, segundo um comunicado da Marinha Portuguesa.

A lancha da Marinha Pégaso encontrava-se perto do local e “de imediato” foi enviada para o salvamento do homem.

“Quando a semirrígida da lancha Pégaso chegou ao local da amaragem, o praticante já tinha sido recolhido pelo veleiro Bumerang, sendo posteriormente transferido para bordo da lancha que o transportou até ao porto de Sesimbra, onde chegou pelas 17:50”, adianta a Marinha.

O homem estava “bem de saúde” e “não necessitou de cuidados médicos”. O parapente também foi recolhido pela semirrígida da lancha.

A operação foi coordenada pelo Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa (MRCC Lisboa), em articulação com a lancha da Marinha Pégaso.