Quatro pessoas, entre as quais um bebé, foram retiradas na segunda-feira de uma praia em Lagoa, no Algarve, depois de terem ficado isoladas pelo mar, revelou a Autoridade Marítima Nacional.

Os três adultos e a criança ficaram isolados pelo mar na sequência da subida da maré, a poente da praia de Albandeira, em Lagoa, tendo sido retirados com recurso a uma mota de água.

Segundo a Autoridade Marítima Nacional, as quatro pessoas estavam bem de saúde, mas "em situação perigosa pela subida da maré e por se encontrarem dentro da faixa de risco de desmoronamento da arriba".

Para o local foram mobilizados uma embarcação salva-vidas, uma mota de água de salvamento e a respetiva tripulação da Estação Salva-vidas de Ferragudo.

A Autoridade Marítima Nacional apela à população que se mantenha afastada das arribas porque o risco de derrocada "é permanente".