Um pescador foi resgatado quinta-feira à noite de uma embarcação que se encontrava a cerca de 275 quilómetros da ilha das Flores, Açores, por sentir fortes dores abdominais, anunciou a Marinha Portuguesa.

O Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo (CCBSM) de Ponta Delgada, em articulação com a Força Aérea Portuguesa (FAP), coordenou durante a tarde e noite de quinta-feira «a operação de evacuação médica de um pescador, de nacionalidade portuguesa e 52 anos, que começou a sentir dor abdominal aguda no quadrante lateral esquerdo», lê-se no site da Marinha Portuguesa.

O pescador seguia na embarcação «Íris do Mar», que se encontrava em faina de pesca, a navegar a cerca de 275 quilómetros (150 milhas náuticas) a sudoeste da ilha das Flores quando pediu ajuda ao CCBSM de Ponta Delgada.

O alerta chegou aos serviços por volta das 18:20, tendo sido contactado o Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODUMAR) do INEM, que identificou a necessidade de evacuação urgente do tripulante.

Por volta da meia-noite, um helicóptero do Centro de Busca e Salvamento Aéreo das Lajes (RCC Lajes), da Força Aérea, chegou à embarcação e às 01:40 estava a aterrar no aeroporto da Horta, de onde o tripulante foi transportado em estado estável para o Hospital daquela cidade.

Também um tripulante de um navio mercante alemão que sofreu queimaduras nos braços e nas pernas causadas por água a ferver foi resgatado, na quinta-feira, ao largo dos Açores, anunciou o centro de salvamento marítimo de Ponta Delgada.

Segundo um comunicado do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada, o tripulante de nacionalidade russa, com 49 anos, encontrava-se a bordo do Hanjin San Diego, que navegava a cerca de 175 quilómetros (94 milhas náuticas) a norte da ilha Terceira.

O pedido de auxílio foi recebido perto das 17:00 (18:00 em Lisboa) e o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada solicitou a ajuda da Força Aérea Portuguesa, que deslocou um helicóptero EH-101 Merlin da Base Aérea das Lajes com uma equipa médica a bordo.

O helicóptero regressou à Base das Lajes às 19:45 e o tripulante foi transportado «em estado estável» para o Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira.