Depois do 25 de abril de 74, foram várias as vozes que cantaram histórias do Portugal democrático. Sérgio Godinho, João Gil, Pedro Abrunhosa, Xutos e Pontapés e os Homens da Luta, entre outros contam como algumas das canções que compuseram serviram de banda sonora para protestos, manifestações, causas e convicções.

«A cantiga é uma arma» é uma reportagem de José Carlos Araújo, com imagem de João Pedro Matoso e edição de José Santos, emitida esta noite no Jornal das 8 da TVI, e que pode rever aqui na íntegra.