A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar o caso que envolve um casal que praticou relações sexuais numa praia fluvial em Paredes de Coura na presença de uma criança, disse hoje à Lusa fonte da GNR.

De acordo com fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo "o caso ocorreu, no sábado, na praia fluvial do Tabuão, em plena luz do dia e foi filmado por populares que divulgaram o vídeo das redes sociais".

Segundo aquela fonte "o caso foi participado à GNR por uma pessoa de Sines que viu o vídeo nas redes sociais e ligou para o posto da GNR de Paredes de Coura".

Comprovada a veracidade dos factos denunciados e pelo mesmos conterem matéria criminal a GNR levantou o auto de notícia e participou o caso à PJ por envolver uma menor e pelo vídeo ter sido divulgado na internet", adiantou à Lusa aquela fonte.

Contactada pela Lusa, a diretoria de Braga da PJ remeteu esclarecimentos para os próximos dias por parte da brigada especializada que irá investigar o caso.

O vídeo com cerca de dez minutos de duração, filmado no sábado em plena praia fluvial do Tabuão, local onde decorre o festival de música de Paredes de Coura, foi posteriormente publicado na Internet e tem suscitado indignação e polémica naquela rede social pelo facto de a criança estar junto ao casal enquanto este pratica relações sexuais.