Os militares da GNR destacados na Grécia resgataram, esta sexta-feira, no mar Egeu, 60 migrantes, a maioria proveniente do Iraque.

Os migrantes encontravam-se "num barco de borracha à deriva e sem condições".

Segundo o comunicado da GNR, entre os migrantes resgatados havia 31 crianças.

Além dos 41 migrantes do Iraque, na embarcação iam 14 pessoas do Kuwait e cinco da Síria.

"A bordo da embarcação ia também um iraquiano que acabara por ter sido detido pelas autoridades locais, por facilitar a imigração ilegal."  

Os migrantes resgatados foram transportados para a embarcação portuguesa em segurança e encaminhados para as autoridades gregas. 

Desde 1 de março, os militares portugueses destacados nesta zona já resgataram 890 migrantes, dos quais 367 crianças, 223 mulheres e 300 homens.