Atualizada às 19:30

A Linha de Cascais já funciona nas duas vias, mas a circulação ainda não está totalmente normalizada, informou a CP, cerca das 18:30. A via que estava encerrada foi reaberta perto das 17:50.

Uma deficiência num carril da Linha de Cascais, esta sexta-feira à tarde, provocou perturbações na circulação de comboios, que esteve a ser feita apenas numa via para os dois sentidos e a causar atrasos nos horários, informou a CP.

Em declarações à Lusa, a porta-voz da CP - Comboios de Portugal, Ana Portela, disse que foi detetada uma deficiência na via junto à estação de Algés (Oeiras) cerca das 15:45, o que impediu a chegada à estação de um comboio que circulava no sentido Cascais-Cais do Sodré.

«Esteve um comboio parado mesmo à entrada da estação, mas antes de chegar à plataforma, durante cerca de 30 minutos, mas que acabou por recuar até Caxias», contou.

Para contornar as perturbações, cuja duração ainda não está determinada, a CP decidiu limitar a circulação de comboios a apenas uma via, pelo que as composições de cada sentido circulam alternadamente.

«Os comboios vão circular apenas por uma via. Os que vão do Cais do Sodré para Oeiras serão suprimidos e os diretos a Cascais vão parar em todas. As pessoas serão devidamente informadas disso», explicou Ana Portela.

Um passageiro do comboio que esteve parado em Algés contou à Lusa que inicialmente foi dada a informação de se tratar de uma avaria, mas depois esclareceu-se que havia um carril partido.

A mesma fonte contou que alguns passageiros começaram a ficar impacientes com a espera, por isso saltaram do comboio e foram a pé pela linha até à estação de Algés, a poucos metros.

De acordo com a CP, a deficiência detetada está ainda a ser avaliada pela Refer ¿ Rede Ferroviária Nacional e, por isso, não há ainda uma hora prevista para a retoma da normalidade.