Mais de 100 grupos utilizavam o Whatsapp e a Darkweb para partilhar pornofrafia infantil. A rede foi agora desmantelada com detenções em vários países, uma delas em Portugal. No total, 38 pessoas acabaram detidas.

Os criminosos foram detetados no âmbito de uma operação policial transnacional de combate à distribuição de material de exploração sexual infantil, através de plataformas digitais.

As detenções ocorreram em Portugal, Espanha, Itália, Alemanha, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Guatemala, México, Paraguai, Peru.

A Europol divulgou hoje um comunicado, adiantando que na Operação Tantalio foram detidas 38 pessoas por suspeitas de distribuírem material de exploração sexual infantil através da Darkweb e da rede WhatsApp.

As detenções e buscas domiciliárias levaram à apreensão de centenas de dispositivos contendo vários terabytes de material de exploração sexual infantil,. Há ainda 25 grupos a serem investigados.

O material apreendido está agora a ser analisado pelos investigadores na tentativa de identificar as crianças que são vítimas destes crimes e resgatá-las de atual situação.