A Polícia Judiciária deteve um recluso do Estabelecimento Prisional de Coimbra pela presumível autoria de “um crime agravado de tráfico de estupefacientes”, anunciou hoje a Diretoria do Centro daquela polícia.

A detenção, efetuada em “estreita colaboração com o Estabelecimento Prisional de Coimbra”, ocorreu quando o recluso regressava à cadeia, depois de “uma saída precária que lhe tinha sido concedida”, adianta uma nota da Judiciária hoje divulgada.

“O suspeito encaminhava-se para o referido estabelecimento trazendo consigo, de forma dissimulada, haxixe suficiente para cerca de quatrocentas doses, produto que lhe foi apreendido”, revela ainda a Judiciária.


O detido, de 29 anos, “foi presente à autoridade judiciária competente que, depois de o interrogar, ordenou que fosse conduzido” à mesma prisão, para “continuação do cumprimento da pena”.