Apenas 13% do lixo municipal foi reciclado em 2013 em Portugal, um valor muito aquém da média comunitária (28%) e o sexto mais baixo entre os 28 Estados-membros da União Europeia, revela um relatório hoje divulgado pelo Eurostat.

De acordo com os dados publicados pelo gabinete oficial de estatísticas da UE, referentes a 2013, em Portugal foram produzidos em média 440 quilos de lixo por pessoa (valor ligeiramente abaixo da média europeia, de 481 quilos), tendo 13% sido tratado através do processo de reciclagem, outros 13% alvo de compostagem, 24% incinerado e os restantes 50% sido depositado em aterro.

A nível de reciclagem, Portugal apresenta assim o sexto valor mais baixo da UE, apenas à frente de Chipre (12%), Letónia (11%), Malta (6%), Eslováquia (4%) e Roménia (3%), enquanto no topo da lista surgem a Eslovénia e a Alemanha, onde 55% e 47% do lixo municipal produzido foi reciclado, respetivamente.