A Polícia Judiciária de Setúbal e a GNR de Almada detiveram quatro suspeitos do rapto de um jovem, de 19 anos, exigindo-lhe que pagasse a dívida de um amigo, no valor aproximado de 1.000 euros.

Segundo um comunicado da PJ, os quatro arguidos, com idades compreendidas entre os 19 e os 21 anos, dois deles com antecedentes criminais, estão indiciados pela prática de crimes de rapto e extorsão agravada, na forma tentada, no concelho do Seixal.

De acordo com a PJ, os quatro suspeitos abordaram o jovem de 19 anos na sexta-feira, no Seixal, e, com recurso à violência, transportaram-no, em viatura própria, para um local ermo onde lhe exigiram o pagamento da dívida de um conhecido da vítima.

Dado que o jovem alegou a necessidade de algum tempo para proceder ao pagamento que lhe era exigido, os quatro suspeitos acabaram por o deixar em liberdade, mas ficaram-lhe com as sapatilhas, um blusão e o telemóvel, e deram-lhe um prazo, até à meia-noite desse mesmo dia (sexta-feira), para o pagamento da dívida.

Em vez de comparecer no referido encontro, o jovem alertou as autoridades policiais que procederam à detenção dos suspeitos na cidade de Almada.

Os quatro detidos já foram presentes a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhes sido decretada a medida de coação de apresentações semanais às autoridades.