Um comerciante português radicado na Venezuela foi libertado na tarde de sexta-feira (noite em Lisboa) pelos raptores que o mantinham em cativeiro desde há três dias, revelaram fontes policiais à agência Lusa.

Segundo as mesmas fontes, Gregório Gonçalves Rodrigues, 50 anos, foi libertado na localidade de Mamporal, 110 quilómetros a leste de Caracas, em aparente bom estado de saúde.

O comerciante foi depois transportado para uma esquadra policial em Higuerote, na mesma região, para prestar declarações policiais e reunir-se com a família.