Foi detido esta quinta-feira o suspeito do homicídio do rapaz de 14 anos em Salvaterra de Magos. O suspeito do crime tem cerca de 17 anos, confirmou fonte policial à TVI. 

A mesma fonte adiantou que não vão ser efetuadas mais detenções e que este jovem é o único detido. 

Uma outra fonte policial adiantou à agência Lusa que "a investigação apurou que o suspeito é conhecido da vítima e morador naquela zona e que foi o alegado autor do homicídio", explicou fonte policial à agência Lusa.

A mãe do menor participou o desaparecimento no posto da GNR de Salvaterra de Magos, distrito de Santarém, na segunda-feira à noite, tendo esta força de segurança e a PJ iniciado, na manhã seguinte, as buscas para encontrar o jovem. 

Foi encontrado morto esta quinta-feira, na arrecadação de um prédio, com indícios de agressões, num "cenário macabro", com manchas de sangue no chão e paredes. 
  
Vizinhos entrevistados pela TVI adiantaram ao longo do dia de quinta-feira que, na localidade, existe a  suspeita de que a morte pode ter resultado de um desentendimento entre um grupo de jovens. Há quem suspeite do envolvimento de um  gangue ligado ao tráfico de droga no crime.  No entanto, estas informações não foram ainda confirmadas oficialmente.  

Uma moradora do prédio contou, sem conseguir precisar o dia, que viu uns "miúdos na varanda" do apartamento onde o rapaz foi encontrado. Cruzou-se com um deles nas escadas, cumprimentou-o e disse que ele estava com um ar  "muito desconfiado".  

O caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária que não presta informações durante o decorrer do inquérito, assim como a GNR.  O alegado homicida deverá ser apresentado amanhã ao juiz do tribunal de Santarém.