A GNR vai estar de olho no excesso de velocidade praticado pelos condutores, estrada fora, em Portugal. A operação de fiscalização será intensificada este domingo.

O patrulhamento e a fiscalização do controlo de velocidade vão ser feitos no interior das localidades, estradas nacionais, regionais e municipais, onde as infrações por excesso de velocidade são mais frequentes e dão origem a um risco acrescido de acidentes de viação, refere a GNR, num comunicado citado pela Lusa.

A operação «Mercúrio», assim, vai mobilizar os 230 militares que pertencem à Unidade Nacional de Trânsito. Vão estar equipados com radares fixos e móveis. Mais uma operação para «combater o flagelo da sinistralidade rodoviária associada ao excesso de velocidade», lê-se no mesmo comunicado.

Este ano já foram controlados 6.563.855 condutores, dos quais 122.440 circulavam precisamente em excesso de velocidade.

«Perante estes números, o combate à sinistralidade rodoviária continua a ser uma prioridade estratégica da GNR, estando planeadas diversas operações nacionais, com empenhamento intensivo e simultâneo de meios de modo a maximizar a capacidade de intervenção».