A Polícia Judiciária anunciou esta quarta-feira a detenção de dois homens, pai e filho, suspeitos de rapto e violação de uma menor de 15 anos, que estava há um mês e meio retida numa casa no Alentejo.

Em comunicado, a PJ adiantou que o caso remonta a julho, quando os detidos, de 46 e 22 anos, forçaram a adolescente a entrar num automóvel, em Quarteira, transportando-a depois para o Alentejo, onde foi violada pelo mais novo.

No dia 13 de outubro os homens voltaram a Quarteira, forçando novamente a vítima a acompanhá-los para o Alentejo, onde foi «forçada a coabitar com o violador» até à intervenção da polícia.

Os detidos vão ser presentes ao Tribunal de Loulé.