Um avião da Ryanair foi obrigada a aterrar de emergência no Porto Santo na sequência das agressões entre um casal britânico.

O incidente ocorreu na tarde de quarta-feira, escreve o Diário de Notícias da Madeira.

O casal, de cerca de 30 anos, estaria alcoolizado quando se desentendeu. O homem terá mesmo agredido a mulher.

O jornal diz também que vários passageiros tentaram separar o casal, mas sem sucesso, obrigado o piloto a desviar o aparelho para Porto Santo.

O Boeing 737-8AS, com 165 passageiros a bordo, tinha saído de East Midlands, no Reino Unido, com destino a Tenerife, Espanha.

O casal ficou retido na Madeira e foi presente a agentes da PSP e do SEF.