A PSP deteve na sexta-feira, em Tavira, um homem suspeito de tráfico de droga, que tentava obstaculizar a ação policial desenvolvendo “grande parte da sua atividade ilícita noutras cidades e vilas algarvias”, anunciou hoje o Comando Distrital de Faro.

A detenção foi realizada na sequência de uma investigação que a PSP efetuou com “base na recolha de notícias relativas a movimentações” do suspeito, de 34 anos e “residente em Tavira”, num domicílio que foi depois alvo de buscas e onde foram apreendidas mais de 9.000 doses de droga e munições, algumas delas “de guerra”, revelou a mesma fonte num comunicado.

No total, a PSP apreendeu “9.000 doses de haxixe, 38 doses de cocaína, 20 gramas de erva, cerca de 1.900 euros em dinheiro, uma balança digital, uma arma proibida - vulgo soqueira – e dezenas de munições de diversos calibres”, precisou o Comando de Faro da PSP.

A PSP encontrou também “vários objetos utilizados no acondicionamento e preparação do produto” estupefaciente, acrescentou.

O suspeito vai ser presente em tribunal para primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação, referiu ainda a PSP.

O Comando de Faro manifestou a convicção de que a detenção deste homem permitiu “dificultar a atividade criminosa” de tráfico de estupefacientes na zona de Tavira e “reforçar a tranquilidade pública da comunidade residente na região” do Algarve.