O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP deteve há dias "três homens estrangeiros, com idades compreendidas entre os 34 anos e os 46 anos de idade, por serem suspeitos da prática de crime de roubo". Os indivíduos já tinham "antecedentes criminais pela prática de ilícitos da mesma natureza".

Segundo o comunicado enviado à TVI24, "os suspeitos deslocavam-se em motociclos, pela cidade de Lisboa, abordando veículos de alta cilindrada, embatendo nos respetivos retrovisores, o que resultava na abertura do vidro por parte das vítimas, a fim de o endireitarem".

Era nesse momento, que "os suspeitos aproveitavam para, com violência, roubar os relógios do pulso dos condutores".

Escolhiam vítimas

A PSP refere que os "detidos selecionavam apenas vítimas portadoras de relógios topo de gama, sendo que num dos últimos roubos foi subtraído um relógio cujo valor ascende a vários milhares de euros".

Esse relógio foi "recuperado aquando das buscas realizadas na sequência das detenções e devolvido ao seu proprietário", refere a PSP.

Aos suspeitos foram apreendidos dois motociclos, os quais eram usados para a prática dos crimes", refere o comunicado.

Os detidos foram presentes a tribunal, em Lisboa, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.