Sindicatos da PSP decidiram esta quinta-feira convocar um protesto simbólico para 8 de novembro, com a presença de agentes nas galerias do parlamento, durante o debate da proposta do Orçamento do Estado 2014 para o setor da segurança.

A decisão foi tomada numa reunião, em Lisboa, com as dez associações sindicais da PSP, disse à agência Lusa o seu porta-voz, Armando Ferreira, presidente do Sindicato Nacional da Polícia.

Para 8 de novembro ficou agendado um outro protesto contra o OE2014 - concentrações de polícias, ao fim da tarde, em frente aos Paços do Concelho das capitais de distrito.

Armando Ferreira adiantou que os sindicatos vão voltar a reunir-se na quarta-feira.

Além dos cortes nos vencimentos superiores a 600 euros e da intenção de o Governo congelar a passagem à pré-reforma, os sindicatos dos polícias estão também apreensivos com a redução do orçamento do Ministério da Administração Interna.

Segundo a proposta de lei do Orçamento do Estado para 2014, o orçamento para a Administração Interna é de 1.949 milhões de euros, o que representa uma diminuição de 6,8 por cento face aos valores de 2013.