O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP (Cometlis) manifestou-se esta sexta-feira convicto de que os encontros marcados por jovens através das redes sociais não têm cariz violento ou criminal, mas sublinha que vai estar atento aos próximos «meets» já agendados.

«Estamos convictos de que estes encontros têm finalidades próprias da cultura juvenil, sem qualquer intenção violenta ou criminal. No entanto, a PSP estará atenta e vigilante durante o desenrolar dos encontros», sublinhou fonte oficial do Cometlis, à agência Lusa.

Segundo o Cometlis, a polícia «está atenta à realização destes encontros e a trabalhar no sentido de colher toda a informação necessária para perceber a motivação dos jovens (...), bem como a escolha dos locais e número de participantes».

A polícia assegurou que «analisará casuisticamente cada encontro do qual tiver conhecimento» e que, tendo em conta essa análise, «adequará o policiamento local numa lógica preventiva».

Questionado sobre a atuação da polícia nos incidentes de quarta-feira ocorridos junto ao Centro Comercial Vasco da Gama, em Lisboa, dos quais resultaram quatro detidos e ferimentos em cinco polícias e num jovem, o Cometlis considerou que teve a atuação adequada.

«A PSP respondeu de forma célere e eficaz às necessidades da ocorrência, restabelecendo a ordem pública, o que revela preparação e adequada gestão de meios», sustentou o Cometlis.