Mais de 95 mil acidentes rodoviários ocorreram este ano nas estradas portuguesas, representando um aumento de 401 em relação ao mesmo período de 2012, mas o número de mortos desceu 14,7 por cento.

De acordo com a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), 95125 acidentes com vítimas e danos materiais ocorreram entre 01 de janeiro e 31 de outubro, enquanto no mesmo período do ano passado se tinham registado 94724.

Os dados da ANSR, que reúne números da PSP e da GNR, adiantam que os acidentes provocaram 417 vítimas mortais, menos 14,7 por cento do que em 2012, quando morreram 489 pessoas.

Os distritos que registam o maior número de acidentes e vítimas mortais são Lisboa, Porto, Bragança e Aveiro, indica a Segurança Rodoviária.

Também o número de feridos graves diminuiu este ano, tendo ficado gravemente feridos em desastres rodoviários 1576, menos 9,5 por cento do que em 2012.

Os dados da ANSR referem ainda que 29 374 pessoas sofreram ferimentos ligeiros entre janeiro e outubro, menos 521 do que no mesmo período de 2012.