A PSP de Portimão deteve um homem e constituiu outros dois arguidos suspeitos de furtos em estabelecimento comercial com arrombamento e que visavam máquinas de tabaco, anunciou hoje o Comando Distrital de Faro da força de segurança.

A detenção foi realizada na última noite e foi o resultado de uma “rápida investigação desenvolvida pela Esquadra de Investigação Criminal da Divisão Policial de Portimão”, que atingiu este grupo de homens, com idades a rondar os 30 anos, precisou a PSP num comunicado.

A PSP indiciou que foram destacados para a operação elementos de “várias subunidades do Comando Distrital, de Faro a Lagos”, como Equipas de Intervenção Rápida e Investigação Criminal, que apreenderam “uma viatura, 4.500 euros em dinheiro, 60 munições de salva e ainda diverso material utilizado pelos indivíduos com vista à prática do ilícito criminal”.

Entre esse material encontravam-se um pé de cabra, um martelo e chaves de fendas, alegadamente utilizados para arrombar os locais alvo dos furtos.

A força de segurança disse acreditar que o grupo em causa é “responsável pela prática recorrente de furtos de máquinas de tabaco na região algarvia”, um tipo de crime que, segundo o Comando de Faro da PSP, “há algum tempo vinha a afligir a população e os comerciantes”.