A PSP informou esta segunda-feira que deteve um homem de 54 anos na Rua do Bonjardim, na Baixa do Porto, suspeito de “prática de injúrias, ameaças e ofensas à integridade física da sua companheira".

Em comunicado de imprensa, a PSP indica que a polícia intercetou o suspeito do crime de violência doméstica no domingo passado, dia 8 de novembro, pelas 05:45, durante uma operação de combate ao crime de violência doméstica.

A detenção de domingo vem juntar-se ao número crescente de crimes de violência doméstica registados no concelho do Porto.

Os dados mais recentes do Gabinete de Atendimento e Informação à Vítima (GAIV) da PSP/Porto indicam que entre 01 de janeiro e 30 de setembro de 2015, foram registadas em nove concelhos do Porto - zona a cargo da PSP do Porto -, “1.799 vítimas de crimes de violência doméstica”, um valor que ultrapassou o total de crimes de violência doméstica em todo o ano de 2014 (1.740).

Um dado que o relatório do GAIV destacava é que era no concelho do Porto que se concentrava a maioria dos crimes de violência doméstica (84%), em comparação com concelhos como Matosinhos, Gaia, Gondomar ou Maia, por exemplo.

No ano de 2014, o concelho do Porto registou “1.414 crimes de violência doméstica” e entre 13 de março a 31 de dezembro de 2013 “945 crimes de violência doméstica”.

Em Gaia, em 2015, houve 65 registos de crimes de violência doméstica, em Matosinhos 52, Gondomar 50, Maia foram registados 29 crimes, Vila do Conde 7 e nos restantes concelhos 83.

O Comando Metropolitano do Porto da PSP tem a funcionar o GAIV, desde o mês de março de 2013, 24 horas por dia, todos os dias da semana.

Todas as vítimas de violência doméstica do concelho do Porto são encaminhadas para efeitos de atendimento personalizado e especializado.