A PSP anunciou a detenção de seis homens, dos 28 aos 61 anos, no âmbito de uma operação de combate ao tráfico de droga em Leiria e Loures, que também resultou na apreensão de droga, armas e dinheiro.

Em comunicado, a PSP informa que na sequência de uma investigação com “cerca de um ano e quatro meses”, a Esquadra de Investigação Criminal da Divisão Policial de Leiria desenvolveu a operação “Serra Branca” na quarta e na quinta-feira, tendo detido seis homens e constituído arguido um outro suspeito.

“Foram executados diversos mandados de busca domiciliária e não domiciliária, em vários locais, bem como em viaturas”, adianta.

Entre o estupefaciente apreendido encontram-se 2.075 doses de cocaína e 200 doses de haxixe.

A PSP apreendeu ainda quatro balanças de precisão, oito viaturas, “algumas das quais de elevada potência”, um “barco/lancha de recreio” e um motociclo de alta cilindrada.

Duas catanas, três pistolas, uma espingarda e uma soqueira, além de 40 munições, foram igualmente confiscadas pelos agentes da PSP.

Dezanove telemóveis e equipamento informático estão igualmente entre os objetos apreendidos.

Os arguidos vão ser presentes ao juiz de instrução criminal para a eventual aplicação de outras medidas de coação.

Cinco detidos em S. João da Pesqueira

Quatro homens e uma mulher foram detidos por tráfico de droga pelo Núcleo de Investigação Criminal de Moimenta da Beira do comando territorial de Viseu da GNR.

Na mesma operação, revela o comunicado, a GNR realizou cinco buscas, quatro domiciliárias e uma em veículo, que levaram à apreensão de 91 doses de heroína, quatro doses de cocaína, duas doses de haxixe, duas plantas de canábis, um ‘tablet’, 15 telemóveis e vários cartões, um revólver de alarme, 110 euros em numerário e diverso material para doseamento e acondicionamento do estupefaciente.

A apreensão e detenção dos indivíduos, entre os 20 e os 30 anos, decorreram na quinta-feira e aconteceram no âmbito de “uma investigação, que decorria desde julho de 2017”.

Os indivíduos dedicavam-se ao tráfico junto a estabelecimentos de restauração e bebidas.

O comunicado de imprensa acrescenta que “durante a ação foi ainda constituída arguida uma mulher, por suspeita da prática do mesmo tipo de crime”.

Os quatro detidos, dois deles com antecedentes criminais no mesmo tipo de crime, foram presentes no Tribunal Judicial de Moimenta de Beira, ficando sujeitos à medida de coação de apresentações periódicas no posto policial da área de residência.

A ação da GNR contou com o apoio dos Núcleos de Investigação Criminal de Viseu, Mangualde e Santa Comba Dão e com os postos territoriais de Sernancelhe e Penedono, no distrito de Viseu.