A PSP anunciou a detenção, nos concelhos da Amadora e Sintra, de dois homens condenados por homicídio qualificado, rapto agravado, entre outros crimes, e que se encontravam foragidos há perto de seis meses.

De acordo com as informações divulgadas pelo Comando Metropolitano de Lisboa, as detenções, através de mandados de captura, ocorreram na quinta e na sexta-feira, tendo os dois homens sido encaminhados para o Estabelecimento Prisional de Lisboa para cumprimento das respetivas penas de oito e dez anos de prisão efetiva.

Na tarde de quinta-feira, na Amadora, foi intercetado o primeiro homem, de 34 anos, enquanto o segundo foi detido na manhã de sexta-feira, em Sintra, quando se preparava para se colocar novamente em fuga depois de ter tido conhecimento da primeira detenção.

Os dois homens foram condenados por homicídio qualificado na forma tentada, rapto agravado, roubo agravado, extorsão, tráfico de estupefacientes e posse de arma Ilegal, tendo o mandado de captura sido emitido em novembro.

Segundo a PSP, ambos alteraram os seus locais de residência e raramente se ausentavam das respetivas habitações, tendo contado com a ajuda de familiares e amigos para não serem descobertos pelas autoridades.

Os detidos, descritos pela PSP como tendo «grande experiência criminal», pertenciam a um grupo que atuava na área de Lisboa, Amadora e Sintra.