A PSP dos Açores anunciou ter apreendido mais de 43 mil doses de heroína e 23.500 de haxixe no valor de cerca de 450 mil euros, tendo sido detidos sete suspeitos pela prática de tráfico.

De acordo com o comunicado da PSP, a que a Lusa teve acesso, estas apreensões resultam de uma investigação desenvolvida pelo Ministério Público do Tribunal Judicial de Ponta Delgada e que foi iniciada em finais de 2012.

Foi assim neutralizada uma rede de narcotráfico que operava a partir do estabelecimento prisional de Alcoentre (Azambuja), onde os líderes da mesma, um natural de Ponta Delgada e outro de Lisboa, estavam a cumprir pena por tráfico de droga.

Ainda de acordo com a PSP, os traficantes contavam com a colaboração das suas mulheres, uma natural de Ponta Delgada e a outra espanhola, que organizavam e monitorizavam a droga para ir para São Miguel.

Já nos Açores, contavam com a colaboração de três irmãos e um casal para distribuir a droga pelos vários circuitos de distribuição de São Miguel.

Ainda de acordo com a PSP, em Ponta Delgada foram detidos cinco suspeitos, enquanto no continente, nas portagens de Alverca, autoestrada A1, foram detidas as duas suspeitas que operavam a partir do continente.

A PSP revelou que já haviam sido detidas ao abrigo desta operação seis pessoas suspeitas de tráfico, três das quais se encontram em regime de prisão preventiva.

Os sete suspeitos agora detidos aguardam a sua apresentação a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Ponta Delgada.