O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, nos dias 29 e 30 de agosto, na Baixa de Lisboa, deteve oito suspeitos no decurso de "uma operação de combate aos carteiristas, com incidência específica nas paragens e imediações dos transportes públicos da CARRIS, concretamente nos Elétricos 15 e 28".

Em comunicado enviado à TVI24, a PSP comunica que a operação esteve a cargo de agentes da Divisão de Segurança a Transportes Públicos, que atuaram nas freguesias de Santa Maria Maior e São Vicente.

Nos dois dias desta operação, procedeu-se à detenção de oito suspeitos pela prática de crime de furto por carteirista, entre os quais quatro mulheres e quatro homens, com idades compreendidas entre os 20 e os 58 anos, praticados sobre turistas estrangeiros que visitavam a cidade de Lisboa", salienta o comunicado.

A PSP acrescenta que após as detenções, foram recuperados "vários bens das vítimas, entre os quais: carteiras em pele, dinheiro, cartões de crédito, cartões de identificação pessoal, entre outros cartões de menor importância, avaliados num total de cerca de 650€ (seiscentos e cinquenta euros)".

Ainda na sequência desta operação, foi apreendido cautelarmente a uma das suspeitas, diversas peças em ouro avaliadas em cerca de 600€ (seiscentos euros), que se suspeitam de ser provenientes da prática do ilícito de furto por carteirista", refere a PSP.

Entre os oito detidos, seis são estrangeiros, a quem "foram aplicadas as medidas de coação de apresentações diárias, a um, apresentações bissemanais, a dois, e apresentações semanais aos outros três".

Os restantes dois indivíduos são portugueses e serão presentes esta quinta-feira a primeiro interrogatório judicial.