"O estabelecimento é explorado pelo detido e que constitui o local onde se procedia à venda o produto estupefaciente aos consumidores", refere a PSP.