Os exames orais de inglês de Cambridge foram adiados uma semana devido aos problemas em torno da sua aplicação e correção.
 
As provas, que deviam começar a 7 de abril, vão ter início no dia 13 e prolongam-se até 22 de maio.
 
A prova escrita mantém-se a 6 de maio.
 
O ministério da Educação aceitou assim o pedido de adiamento feito pela plataforma de sete sindicatos, que no entanto mantém a greve à prova.
 
A tutela aceitou também a exigência dos sindicatos de que, no 3º período, sejam dispensados das horas de trabalho extra-aulas os professores examinadores da prova.