A Comissão Coordenadora Permanente dos Sindicatos e Associações dos Profissionais das Forças e Serviços de Segurança (CCP) vai participar na ação de protesto da CGTP-IN, sábado em Lisboa, pela reposição de direitos e de salários.

Em comunicado, a CCP indica que vai participar na manifestação por considerar “justas e pertinentes as reivindicações dos profissionais das forças e serviços de segurança”, lembrando que “a reposição de direitos que existiu nos últimos anos foi tímida e muito aquém daquilo que era possível e desejável”, dado que, “prevaleceram muitos dos critérios economicistas que priorizam a redução do défice e não a qualidade de vida das pessoas”.

A CCP e os profissionais representados pelas estruturas que a integram exigem a reposição do poder de compra perdido nos últimos anos, por via de aumentos salariais, bem como a garantia de progressão na carreira de forma integral, a partir já de 2018, sendo contabilizados os muitos anos de congelamento na carreira para efeitos de progressão”, lê-se na nota à imprensa.

A Comissão apela para a participação dos profissionais das forças e serviços de segurança na manifestação que terá início pelas 15:00 na praça no Marquês de Pombal com desfile até aos Restauradores.