A Proteção Civil alertou hoje para o risco de incêndio florestal "muito elevado a máximo" nas regiões do interior Norte e Centro, Alentejo e Algarve devido à previsão de tempo quente e seco.

O risco de incêndio é "moderado a elevado" no restante território continental, refere a Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC) num aviso à população.

A ANPC justifica o aviso com o "tempo quente e seco favorável à eventual ocorrência e propagação de incêndios rurais", com a previsão de temperaturas acima dos 30ºC e humidade entre 10% e 20% (regiões do interior Centro e Sul).

A Proteção Civil relembra que, nestas condições meteorológicas, é proibido fazer queimadas ou fogueiras, lançar foguetes e fazer lume nas florestas e nas estradas circundantes, devendo os trabalhos agrícolas e florestais ser feitos com máquinas limpas de óleos e poeira e fora dos períodos de maior calor.