“Não é de excluir a eventual ocorrência de situações de cheias associadas ao aumento do caudal das principais linhas de água”, adianta a ANPC, dando também conta que as condições de saturação dos solos mostram-se favoráveis à “ocorrência de deslizamentos de terras, especialmente nas zonas de declive mais acentuado”.

200 milímetros durante esses períodos