O Ministério Público de Matosinhos acusou um homem de 38 anos por crimes de abuso sexual de crianças, pornografia de menores, aliciamento de menores para fins sexuais e recurso à prostituição agravado, anuncia a Procuradoria-Geral Distrital do Porto.

Em comunicado divulgado na página da Internet, a Procuradoria-Geral Distrital esclarece, citando a acusação, que o arguido, residente em Leça da Palmeira, concelho de Matosinhos, se envolveu sexualmente com três vizinhos de 13 e 14 anos, entre 2013 e 2015.

O homem, que se encontra em prisão preventiva, aliciava os adolescentes “com bens materiais, dinheiro e atividades a que, de outro modo, não tinham acesso”, acrescenta.

A acusação, deduzida a 24 de junho mas só agora conhecida, atribuiu ao arguido, de acordo com a Procuradoria-Geral Distrital, a prática de sete crimes de abuso sexual de crianças, um crime de pornografia de menores, um crime de aliciamento de menores para fins sexuais e um crime de recurso à prostituição agravado.